FFW, Vogue Runway, WWD, NYTimes Fashion… TODOS OS VEÍCULOS DE INFORMAÇÃO DE MODA NÃO FALARAM DE OUTRA COISA DESDE O ÚLTIMO 19 DE JANEIRO.


A Supreme é uma marca de urbanstyle que reflete o movimento das ruas, mais precisamente dos anos 90’s, trazendo consigo a marca registrada do skateboarding, Nova Iorquina, fundada em 1994, abriu sua primeira loja na big apple e desde então tornou-se um fenômeno e um clássico de Nova York, cresceu com a ajuda de fotógrafos, estilistas, co-labs com desginers e artistas que compram a idéia da marca. A intenção da marca, nunca foi ser “cool”, “hype”, descolada ou vans, a Supreme cresceu junto com os skatistas da rua, dando poder a um movimento e vestindo-o, simultaneamente. 


Louis Vuitton, talvez a marca de luxo mais importante da Terra, senão a mais luxuosa, pelo menos a mais conhecida, a maison francesa é conhecida nos quatro cantos do mundo, seja por seu nome ou simplesmente pela sua logo viral, estampada em diversos lugares e inclusive, em muitas falsificações em torno do globo.


O que elas tem em comum?


A admiração, o fanatismo e o culto de seus consumidores e acredite, consumidores completamente diferentes, públicos extremos que mixaram seu estilo, talvez, nos últimos anos com o acesso a informação e tecnologia, mas brutalmente falando, o publico de uma é como água e o da outra, azeite.


O convite de uma coleção em conjunto veio da gigante Louis Vuitton, como já dito aqui, anteriormente o público vem mudando e, as marcas cada vez mais procuram identificar o novo consumidor. Em nosso Instagram foi muito falado sobre a coleção da Dolce & Gabbana, uma coleção inteiramente desfilada com influencers de todo o mundo e não só isso, as roupas foram escolhidas por eles, dessa forma os diretores criativos puderam entender melhor o que o novo consumidor busca, afinal ele é seguidor direto desse novo influencer.



A Luis Vouitton procura o mesmo mas com uma estratégia diferente, fazendo uma coleção com uma marca de “moda de rua”, uma expressão do que as pessoas usam no dia-a-dia e do que o jovem virá à usar, fala-se tanto em sportstyle, mas eu vos questiono, porque é chamado de sportstyle?


A Supreme ficou famosa por camisetas, moletons, casacos e peças confortáveis que facilitam na hora de andar de skate, é disso que a Louis Vuitton se aproveitou, do conforto e fama de uma marca que está no guarda roupas de quase todos os nova iorquinos e no desejo de milhões espalhados pelo mundo.


Em termos de aceitação, o “povo da moda” amou! Claro! Quando que imaginamos ver o emblemático trunk da LV com a faixa “Supreme” no meio e nas cores vermelho e logo branco? Mas é NUNCA.


Bolsas transversais em couro alinhavado vermelhas com o logo LV ao canto e o Supreme exageradamente grande, como vimos na Vetements, o excesso do logo.


As marcas de luxo vinham cada vez mais em busca do minimalismo e o chique era não mostrar o logo, apenas discretamente, em bolsas estruturadas e peças retas, vemos o oposto com a Louis Vuitton + Supreme. O monograma está em tudo, está em cores diferentes, está em vermelho, está nas carteiras, está Suprème!



Dos defensores de movimentos vemos criticas gigantescas quanto a quem usa e ao preço das peças. LV, uma marca para o público AAAA+ e Supreme, uma marca para público A ou B, os fãs chegam a dizer que o fato de Louis Hamilton e Cruz Beckham usarem peças da co-lab é o começo para o declínio de uma gigante, a partir do momento em que ambos não representam nada do que se vê nas ruas, já que Louis Hamilton posa em uma foto com brincos de diamantes e o filho de um dos maiores astros do futebol está sentado em sua casa com um cachorro, como se estivesse posando para uma foto de família.


Faço parte do grupo da moda, amei a coleção, embora seja menswear assim como Chiara Ferragni o fenômeno italiano das bloggers, eu adquiriria várias peças e outras várias tornaram-se desejo!


Isso é a moda, agradando uns tantos e desagradando muitos outros.


O recado para aqueles que se desagradam com a parceria é apenas um: compram, aqueles que podem, os que não podem, contentesse com a Supreme normal e sonhem com uma Louis Vuitton ou esperem: the copies are comming.