Há um tempo sem postar, começo meu post com uma utopia: podemos sim estar em vários lugares ao mesmo tempo.


No clássico romance adolescente de Nicholas Sparks, Um Amor Para Recordar, Landon Carter leva a jovem Jamie para realizar um sonho de uma lista com vários outros: estar em dois lugares ao mesmo tempo.


Mas como?


Ironicamente, o jovem a leva na divisa de municípios da cidade em que moram com a vizinha, em cima da faixa, com um pé em cada cidade, a jovem Jamie realiza seu sonho e fica em dois lugares ao mesmo tempo.


Lunático, apaixonado e jovem.


Minha experiência com lugares diferentes e presença neles foi um pouco diferente. 


Juntando os últimos dois dias, não dormi as oito horas necessárias para um, cá estou, na Starbucks da Universidade Mackenzie - pensando em um post produtivo para vocês e achei legal contar o acontecimento - morrendo de sono! Literalmente sem conseguir ficar em pé, minha cabeça pendeu para trás diversas vezes, dormi olhando para a tela do computador mesmo que por 3 minutos e em uma dessas dormidas, tive a vistia inesperada da minha mãe gritando em meu quase sonho: “Veronique que palhaçada é essa! Acorda!”. Ela estava irritadíssima! Com cabelos bem mais compridos do que os dela e um volume imenso, parecia uma leoa com raiva, fazendo jus ao seu signo.


Talvez seja a distância e a saudadade se manifestando em suas diversas formas, ou talvez seja o que ela mesmo disse quando lhe contei a história no momento seguinte ao que “acordei”: "Quem disse que não se pode estar em vários lugares ao mesmo tempo?".


Com isso, cheguei a conclusão de que basta estarmos no pensamento das pessoas para estarmos em vários lugares ao mesmo tempo. Independente das distâncias e da falta de superpoderes, nós humanos temos memória e essa sim tem o superpoder de ser tão viva e intensa quanto a realidade momentânea, basta lembrar-se, para sentir.


Última semana antes do SPFW e a ansiedade toma conta, cerca de 30 marcas fazem parte do line-up de desfiles dessa edição que volta a ter a Bienal como palco principal e algumas outras locações pela cidade.


Nesta edição há marcas novas - como de costume - Alexandrine, A. Nyemeyer, Tig, Two Denim, Fabiana Milazzo e Sissa. Estão de fora desta edição Glória Coelho, Reinaldo Lourenço, Ronaldo Fraga, Iódice e Helô Rocha, mas prometem voltar para a próxima. Ellus, que ficou de fora da edição passada volta para a SPFW N43 com desfile comemorativo, especial de 45 anos.


Mais do que especial, fazer SPFW como parte do meu trabalho depois de anos vindo como acompanhante dos meus pais é poder fazer o SPFW ao lado de pessoas que eu amo, tendo meu melhor amigo como fotógrafo, minha mãe como orientadora e meu namorado que me ajuda na revisão dos posts que faço para o site, ao meu lado.


Melhor ainda é passar a semana que eu mais amo no ano, revendo pessoas especiais para mim, com orgulho e felicidade a Penso Moda informa que vai ter uma cobertura maravilhosa da SPFW N43 com o fotógrafo Luis Natus, a blogger e diretora de arte Veronique Littmann - eu mesma - e a mentora, idealizadora disso tudo: Fanny Littmann.




LINE UP:


SEGUNDA

10h Animale

13h Uma Raquel Davidowicz

17h30 João Pimenta

19h Lilly Sarti

20h Osklen


TERÇA

10h Vitorino Campos

11h Sissa

14h30 Ellus

15h30 Lolitta

17h Gig Couture

18h30 Two Denim

20h PatBo

21h Lino Villaventura


QUARTA

11h Giuliana Romanno

15h30 Isabela Capeto

16h30 Memo

17h30 Fabiana Milazzo

18h30 Apartamento 03

21h Ellus 2nd Floor

 

QUINTA

11h A La Garçonne

16h Cotton Project

17h Alexandrine por Batista Dinho

18h30 Juliana Jabour

20h Amir Slama

21h Tig

 

SEXTA

15h Ratier

16h A.Niemeyer

17h Sebrae Top 5

18h Reserva

19h30 Amapô

20h30 LAB